Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SNTNELA

17
Out17

Lembra-se de mim

Sntnela

lembras-se de mim.jpg

 Fui levada pelo vento como as folhas secas do outono,

as vezes o que têm de ser, é mais forte, contraria a nossa vontade,

agora novamente frente a frente, vejo diferenças físicas,

e me pergunto se profundamente ainda temos algo do que um dia fomos,

dos sentimentos que outrora arrebatava nossos corações,

olhamos um para outro como se nos conhecêssemos,

mas sem muita certeza, uma certa estranheza polui o ar,

vivemos o amor em sua intensidade, e hoje falta esta intimidade,

um beijo na face de quem um dia perdi me em sua boca,

um abraço neste corpo que foi tão meu,

nas noites, nos dias de loucura e paixão,

e uma pergunta estranhamente tímida,

A quanto tempo, lembras-se de mim?

 

06
Out17

Amor sem medida

Sntnela

Amor sem medida-2820699_1920.jpg

Tenho medo do amor, 

não sei como agir,

bate forte no meu peito,

bate forte em mim.

 

Não quero te sufocar,

não quero me reprimir,

quero apenas te amar,

e que ames também a mim.

 

Um abraço apertado,

acalma meu coração,

mas quando te afastas,

sinto uma grande aflição.

 

Tento disfarçar a loucura,

a paixão que sinto por ti,

sentimento ou doença,

esta a me consumir.

 

Quero ficar em paz,

se o ciúme permitir,

fico logo em brasa,

quando outro aproxima-se de ti.

 

Seca a boca, cai as lágrimas,

pensar em te perder,

o coração aperta no peito

porque sei que vai doer.

 

Um amor sem medidas,

pode uma relação desgastar,

mas qual será então,

a medida de amar?

06
Jan17

percepção

Sntnela

percepção-1052371_960_720.jpg

 Posso não ter o sol,

mas serve bem o teu sorriso,

ele me contagia, espanta a tristeza

e aquece a minha alma.

 

posso não ter o mar,

mas serve bem os teus braços,

que me envolve, me enlaça

e me acalenta no teu amor.

 

 Posso não ter a lua,

mas serve bem o brilho dos teus olhos,

que ilumina as minhas noites escuras,

e me guia para os teus braços.

 

posso não ter o mundo,

mas me serve bem ter te a ti,

que com carinho e respeito,

tornou se o meu mundo.

 

 posso não ter tudo que quero,

mas serve bem ter o teu amor,

que me faz sorrir, ser feliz,

e é tudo que preciso.

 

26
Out16

Pesadelo

Sntnela

Pesadelo-394176_960_720.jpg

 Sonhei que te amava,

e que seu amor não era meu,

a angustia era tamanha,

o meu corpo é que sofreu,

a escuridão se instalou,

o medo me consumiu,

os olhos não acreditaram,

nos braços de outra te viu.

 

Teus olhares não eram meus,

teu beijo não me pertencia,

Perdi o controle sobre mim,

gritava e ninguém me ouvia,

uma realidade estranha,

num desespero sem fim,

corria ao teu encontro,

sem nunca chegar enfim,

 

O sofrimento era tão real,

chocante e aterrador,

não existir para você,

era um filme de terror,

senti o meu corpo a cair,

lentamente  em um espaço sem fim,

cada segundo era eterno,

dos ciúmes que tinha de ti,

 

Acordei assustada,

ao meu lado você estava,

nunca sentira tamanho alivio,

enquanto eu te beijava.

em prantos contei te tudo,

entre soluços e palavras,

me abraçavas a repetir,

que por outras não me trocavas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

subscrever feeds

Pesquisar neste blogue

Tags

mais tags