Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SNTNELA

Quem sabe de mim sou eu

Vivian Barbosa, 19.06.19

Quem sabe de mim sou eu-4274418_1920.jpg

Eu poderia ser o que dizem que sou

ou o que querem que seja,

basta que  também o queira.

Poderia sim sonhar os teus sonhos

desde que eles também fossem meus.

Poderia tanta coisa,

Se assim também fosse do meu desejo.

Cada um sabe de si,

e por maior amor que se sinta por alguém,

por melhor que seja as intenções,

ninguém é dono do seu querer.

Quem sabe de mim sou eu,

sou problema meu.

 

 

Na calada da noite

Vivian Barbosa, 15.05.19

Na calada da noite-3092999_1920.jpg

As ruas estão vazias, as pessoas já se recolheram e se abrigaram do frio da noite, a escuridão preenche o espaço e enche de esperanças os corações daqueles que sonham com dias melhores, a vida vai tomando seu rumo um dia após o outro, tudo esta no seu devido lugar.

Os amantes namoram madrugada adentro, os solitários suspiram na esperança de amar e serem amados, os filhos beijam os pais e pedem a bênção. 

O  caos se desfaz na calada da noite, a tristeza nas lágrimas já secas no travesseiro,  e faz silêncio  em um sono profundo, regenerador, que se quer ouvem a sinfonia de grilos lá fora, dormem os de sentimentos bons e maus, e a paz reina enquanto o poeta se inspira e escreve mais um poema.

 

Cura para a dor de amor

Vivian Barbosa, 30.04.19

 

Cura para a dor de amor -2832174_1920.jpg

O ultimo suspiro de amor dobrou a esquina e partiu,

deixou lágrimas, lembranças e uma saudade imensa no peito,

uma sensação de sufoco que até custa respirar.

A dor que maltrata o corpo e entorpece a mente,

é difícil dizer adeus.

A vida nos dá e nos tira lembrando

sempre da nossa insignificante existência,

onde amar é morrer cada dia um pouco de um doce veneno

que se espalha no sangue e domina todo o corpo,

que  nos faz fracos perante o prazer que este sentimento provoca,

em  busca do êxtase desta droga viciante

que sem querer, querendo pedimos sempre mais.

O maior sentimento de todos,

para o bem e para o mal, o mais cobiçado.

O tempo alivia e assopra as feridas,

mas que por ironia do destino

 a cura para a dor de amor será sempre outro amor

 

Profecia

Vivian Barbosa, 29.03.19

pagan-1467864_1920.jpg

Estende a mão a vida e deixe que ela te conduza,

até que estejas pronto para tomar suas próprias decisões,

só não te demores que o tempo não espera ninguém,

é preciso prosseguir, erga se e comece a  andar,

parar é desistir e desistir será morrer.

Amanhã haverá outras chances, outras possibilidades...

chore se te tiver vontade mas faça em movimento.

A vida nos mostra vários caminhos e nem sempre

seguiremos o certo, mas nada nos impedira 

de tentar mais e mais uma vez. 

O sucesso esta na perseverança, na coragem de ir a luta.

 

Incerto caminho

Vivian Barbosa, 27.03.19

Incerto caminho-3156176_1920.jpg

Eis-me aqui no silencio da boca da noite

resignado destino que me fez fraco tornando me forte,

incerto caminho que nos leva a algum lugar,

chegando sempre a lugar nenhum.

eis me aqui no lugar de onde parti,

de onde talvez não deveria ter saído,

mas como saberia se não o tivesse feito.

Não importa o caminho que te lancem

porque o fim será sempre o principio.

como as árvores de galhos fracos e partidos,

mas de  raízes fortes emperradas na terra,

eis-me aqui, o que importa ?

com erros aprendi, com acertos venci

chorei onde mãe não viu,

mas voltei mais forte do que parti,

dizer que sou privilegiado é 

não saber o que vivi

eis-me aqui.

 

Por Moçambique

Vivian Barbosa, 25.03.19

mozambique-649927_1920.png

Ventos devastadores girando em turbilhão,

levando consigo vidas, levando consigo sonhos,

a natureza reclama, o homem sofre,

mas não leva  a vontade de  um povo se reerguer.

e em meio a desgraça se unem.

Unidos pela esperança fortalecidos pela caridade,

onde nesta hora não existem estranhos mas sim irmãos.

não existe um lugar, mas um mundo de iguais.

 Quer ajudar Moçambique?

Saiba como

 

 

Saudades

Vivian Barbosa, 14.03.19

Saudades-2628337_1920.jpg

O vento trouxe  momentos,

lembranças fizeram chorar,

você longe dos meus olhos,

e eu distante a trambolhar.

 

A brisa trouxe um beijo,

um conto de gratidão,

no mundo há tanta gente

e ainda existe solidão.

 

Estamos longe do abraço,

sentimos com o coração,

o tempo custa a passar

causando frustração.

 

Recordações doí no peito,

lembranças a colorir,

a imagem de um rosto,

que um dia nos fez sorrir.

 

Encontramos no caminho

verdadeiras amizades

passamos toda vida 

a lidar com as saudades.

 

E o que é viver?

Vivian Barbosa, 11.03.19

E O QUE É VIVER?-4022484_1920.jpg

A vida passa tão depressa, que as vezes sequer prestamos atenção nas oportunidades que deixamos passar, pensamos ter todo tempo do mundo.

 

O tempo nos ensina que valemos muito e não valemos nada, que cada momento deve ser vivido com intensidade, porque o instante seguinte pode não existir.

 

O amor nos mostra que deste mundo apenas levamos sentimentos, não vale a pena brigarmos por mesquinharias que somos bem maior e melhor do que este discernimento do que é a riqueza. 

 

A morte afirma que a única maneira de permanecermos aqui, é através do amor que conquistamos durante o nosso tempo de vida.

 

A beleza passa, a riqueza acaba, nada disto nos pertence, o que fica é o que levamos no coração, é o que deixamos no coração de alguém.

 

Ao contrario não existimos, somos nada.

 

Morrer de amor

Vivian Barbosa, 10.03.19

 

Morrer de amor-1733364_1920.jpg

Meu coração sofre de amor,

sente falta dos beijos teus,

volte para os meus braços,

doí demais o teu adeus.

 

A saudade  atormenta,

uma lágrima sentida cai,

sinto tua presença.

teu cheiro de mim não sai.

 

O amor quando se acaba,

deixa ferida profunda,

magoa no fundo da alma,

de choro o mundo inunda.

 

Quero você de volta,

não sei o que fazer,

o mundo sem ti é triste,

não me deixe mais sofrer.

 

Dê me teus carinhos

preciso do teu calor

amor se você não vem

morrerei de tanta dor.

 

 

Serei sempre teu

Vivian Barbosa, 08.03.19

mountain-2601107_1920.jpgDe quantas desculpas é preciso para que me perdoes,

de quantos eu te amo é preciso para que acredites,

porque não me olha nos olhos e veja que falo a verdade,

nunca me cansarei de tentar recompensar o mal que fiz.

eu sou apenas um cara bobo, mas que aprendeu a lição,

foi preciso perder te para dar o valor que merecias,

e acredite eu realmente sinto a tua falta,

sinto que os dias são enormes e chatos ,

e que o mundo esta vazio, nada importa,

não há alegria sem o teu sorriso,

e nunca pensei desejar uma mulher,

como desejo a ti, volta e permita 

que eu te mostre todo este amor que sinto,

ele será sempre teu, eu serei sempre teu.