Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SNTNELA

ser errante

02.06.18

 ser errante,-84404_1920.jpg

Talvez não tenha sido minha culpa,

e se fui culpado não houve alguma intenção,

as vezes fazemos coisas impensadas,

nem tudo é planeado.

As emoções nos levam a

situações que podem por vezes,

fugir do controle.

Se magoei foi sem querer,

eu apenas fiz o que o coração pediu,

quando a razão se calou,

depositaste em mim expectativas,

que não correspondiam a verdade,

e por razões que não sei explicar,

deixei me levar,

quem sabe por vaidade,

por realmente desejar ser assim,

tal como me idealizaste.

A vida muitas vezes nos enfraquece,

nos humilha, como numa lição  

para que aprendamos a ser fortes,

estas duras lições deixaram feridas,

ajudastes a cicatrizar cada uma,

fostes  a calmaria depois

de um longo tempo turbulento.

Sem querer mostrei o que sou,

um ser errante, cheio de defeitos.

Permita me recompensar te,

Estou exposto, desvendado,

mas posso tentar ser melhor.

Mordi a mão de quem acarinhou me,

ofendi irrefletidamente,

mil pedidos de desculpas seria pouco,

mas não vejo outra maneira

de pedir que me perdoe.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.